Infelizmente o nosso site não funciona neste browser. Por favor, atualize-o para uma versão mais recente.

Promoção de abertura: frete grátis para compras acima de R$ 150,00
Abolir

Abolir

Guy Debord
tipo livro
estado novo
capa comum
editora Sobinfluencia
ano de publicação 2021
número de páginas 64
peso 180g
dimensões 19cm / 12cm / 1cm
R$ 47,60

descrição

"Abolir" é uma ferramenta atemporal posta em papel por Debord, impressa pela primeira vez pela sobinfluencia.

Em junho de 1987, Guy Debord redigiu o verbete Abolir para a Encyclopédie des Nuisances, uma publicação periódica em 15 fascículos vigorando entre novembro de 1984 e abril de 1992. A enciclopédia se sitava na linha da Internacional Situacionista, ainda que de modo crítico, e havia sido anunciada em 1979, com o desafio de manter viva a linguagem crítica e a memória histórica.

A edição conta com posfácio de Erick Corrêa, doutor em Ciências Sociais, co-organizador de "68: como incendiar um país" (2018) e "Insurgência Viral: autodefesa sanitária e despostismo ocidental" (2020), ambos editados pela editora Veneta para a elementar Coleção Baderna. Também possui artigos e traduções publicadas em jornais e revistas do Brasil, como Angelus Novus, Kalagatos, Sopro e Passa Palavra; e do exterior, como Punkto, Mapa, Flauta de Luz, Lundimatin, Brooklyn Rail.

"A separação trabalho-lazer foi derrotada quando o trabalho se tornou tão massivamente improdutivo e inepto (no derrogatório “terceiro setor”), e o lazer se tornou uma atividade econômica tediosa e fatigante. As desigualdades diante da cultura foram abolidas em praticamente toda parte e para quase todo mundo com o novo analfabetismo".

voltar à tela anterior