Infelizmente o nosso site não funciona neste browser. Por favor, atualize-o para uma versão mais recente.

A Humana oferece FRETE GRÁTIS nas compras acima de R$ 100,00
Box Machado de Assis: Memórias póstumas de Brás Cubas, Dom Casmurro e Quincas Borba

Box Machado de Assis: Memórias póstumas de Brás Cubas, Dom Casmurro e Quincas Borba

Machado de Assis
tipo livro
estado novo
capa dura
editora Antofágica
ano de publicação 2021
categoria(s) Ficção
subcategoria(s) Literatura brasileira, Romance
número de páginas 1376
peso 2750g
dimensões 18cm / 24cm / 10cm
R$ 249,90

descrição

O primeiro box da Antofágica, com os três romances de maior sucesso do Bruxo do Cosme Velho: Memórias póstumas de Brás Cubas, Dom Casmurro e Quincas Borba.

Seja pelos encontros e desencontros amorosos de Bentinho e Capitu, as melancólicas lembranças de Brás Cubas ou a história da cobiçada herança do filósofo Quincas Borba, conheça neste box o melhor do romance de Machado de Assis, com texto integral de Machado de Assis, projetos gráficos ousados, artes inéditas, notas explicativas e textos extras de renomadas personalidades contemporâneas:

Memórias póstumas de Brás Cubas contém 88 ilustrações de um dos expoentes da arte no Brasil, Candido Portinari, que chegam pela primeira vez ao grande público e dão uma nova camada de interpretação ao clássico. O livro traz ainda com notas inéditas e posfácio de Rogério Fernandes dos Santos, especialista na obra machadiana, um perfil do autor escrito por Ale Santos (@savagefiction), além de uma introdução de Isabela Lubrano, do canal Ler Antes de Morrer.

Dom Casmurro tem ilustrações de Paula Siebra, notas e posfácio do especialista Rogério Fernandes dos Santos, apresentação da produtora de conteúdo Camilla Dias e posfácios da atriz e escritora Maria Ribeiro do escritor Geovani Martins.

Quincas Borba tem ilustrações do artista Samuel de Saboia e notas explicativas do especialista Rogério Fernandes dos Santos. O texto de apresentação é de Emicida, com posfácios de Ana Paula Salviatti, Jeferson Tenório e João Cezar de Castro.

voltar à tela anterior