Infelizmente o nosso site não funciona neste browser. Por favor, atualize-o para uma versão mais recente.

A Humana oferece FRETE GRÁTIS nas compras acima de R$ 100,00
Cartas a Theo (Nova edição)

Cartas a Theo (Nova edição)

Vincent Van Gogh
tipo livro
estado novo
capa comum
editora L&PM
ano de publicação 2021
categoria(s) Não-ficção
número de páginas 456
peso 551g
dimensões 21cm / 12cm / 3cm
falta temporária
No momento este item está em falta. Convidamos você a entrar em contato para avaliarmos a encomenda do que você deseja. Fone/WhatsApp: 49 3316-4566 / Instagram: @humanasebolivraria / E-mail: humanasebolivraria@gmail.com.

descrição

A grande novidade desta edição é a inclusão de um precioso material – até então inédito em nosso país: a primeira e única crítica sobre a obra de Vincent van Gogh publicada enquanto ele vivia. Trata-se de uma minuciosa e muito elogiosa análise sobre o trabalho do pintor realizada pelo poeta, escritor e crítico de arte Gabriel-Albert Aurier (1865-1892), publicada na respeitada revista Mercure de France. Está aqui incluída também toda a repercussão que provocou esta elogiosa crítica: a troca de correspondência entre Vincent, seu irmão Theo e amigos como Gauguin, Émile Bernard, entre outros. O leitor encontrará neste volume, igualmente, o inédito necrológico de Vincent van Gogh publicado três meses depois de sua morte, em setembro de 1890, na revista Mercure de France.

A presente edição contém ainda uma seleção das principais cartas enviadas por Vincent a seu irmão Theo. Um material emocionante e revelador, tanto por sua obsessiva convicção de ser realmente um artista, como também pela paradoxal consciência da própria loucura. Esta antologia é um impressionante depoimento autobiográfico, praticamente um diário onde se percebe claramente a evolução estética e a degradação da saúde mental do pintor. Além das cartas e dos esboços para futuros quadros, esta edição traz um glossário de nomes e alguns fac-símiles da correspondência, para que o leitor tenha uma ideia precisa sobre a relação intelectual e de afeto entre Theo e Vincent. Na maioria das cartas, Vincent submete ao irmão esboços e croquis dos quadros que pretende fazer.

voltar à tela anterior