Infelizmente o nosso site não funciona neste browser. Por favor, atualize-o para uma versão mais recente.

A Humana oferece FRETE GRÁTIS nas compras acima de R$ 100,00
Corpos secos

Corpos secos

Luisa Geisler, Marcelo Ferroni, Natalia Borges Polesso, Samir Machado de Machado
tipo livro
estado novo
capa comum
editora Alfaguara
ano de publicação 2020
categoria(s) Ficção
número de páginas 192
peso 419g
dimensões 23cm / 16cm / 2cm
falta temporária
No momento este item está em falta. Convidamos você a entrar em contato para avaliarmos a encomenda do que você deseja. Fone/WhatsApp: 49 3316-4566 / Instagram: @humanasebolivraria / E-mail: humanasebolivraria@gmail.com.

descrição

Uma doença fatal assola o Brasil e o transforma em uma terra pós-apocalíptica: sem governo, sem leis e sem esperanças. Os sobreviventes tentam cruzar o país em busca de um porto seguro. Vencedor do Prêmio Jabuti de 2021 na categoria "Romance de Entretenimento".

Primeiro, o uso de novos agrotóxicos sem os devidos testes. Depois, a reação inesperada com as larvas que eles deveriam dizimar. Não se sabe quem foi o primeiro infectado, apenas que o surto começou no Mato Grosso do Sul. São os chamados corpos secos: espectros humanos que não possuem mais atividade cerebral. Mas seus corpos ainda funcionam e anseiam por sangue. Seis meses depois, há poucos sobreviventes. Um jovem aparentemente imune à doença está sendo estudado por uma equipe médica e precisa ser protegido a qualquer custo; uma dona de casa vive em uma fazenda no interior do Brasil e se encontra sozinha precisando reagir para sair de seu isolamento; uma criança vê a mãe tentar de tudo para salvar a família e fugir do contágio; uma engenheira de alimentos percebe que seus conhecimentos técnicos talvez não sejam suficientes para explicar o terror que assola o país. Juntos, eles vão narrar suas jornadas, em busca do último refúgio ao sul do país. Escrito em conjunto por quatro autores, Corpos secos não é só um thriller, nem um romance-catástrofe. É uma narrativa sobre os limites da maldade humana, e as chances de redenção em meio ao caos.

voltar à tela anterior