Infelizmente o nosso site não funciona neste browser. Por favor, atualize-o para uma versão mais recente.

Promoção de abertura: frete grátis para compras acima de R$ 150,00
David Boring

David Boring

Daniel Clowes
tipo livro
estado novo
capa comum
editora Nemo
ano de publicação 2019
número de páginas 144
peso 350g
dimensões 25cm / 19cm / 2cm
R$ 59,80

descrição

Conheça David Boring: um vigia de 19 anos que tem uma personalidade obsessiva e atormentada.

Quando ele conhece a garota dos seus sonhos, as coisas começam a ir para o brejo – o que parecia bom demais para ser verdade, aparentemente, era mesmo. E no caso de David Boring, a verdade é que, nas circunstâncias certas (neste caso, uma orgia desenfreada de vingança, humilhação e assassinato), a natureza primitiva de cada um acaba sempre vindo à tona.

“Boring descobre o amor por meio de uma garota misteriosa chamada Wanda; depois a perde e de alguma forma consegue encontrá-la novamente. Ele é baleado na cabeça (duas vezes) e acaba isolado em uma ilha com sua família repugnante. Enquanto isso, talvez o mundo esteja prestes a acabar para sempre. A propósito, já mencionei como esse quadrinho é tremendamente divertido?” Time

“Estranho, onírico e fascinante” The Globe and Mail

“Desolador, perverso e fetichista” VLS

“O que diferencia Clowes é a interação perfeita entre o traço rigidamente controlado, a raiva vazia fervendo logo abaixo dele, e logo abaixo disso, um anseio estranhamente simples por coisas simples e sólidas, como, digamos, o amor.” NY Times

“Clowes criou uma narrativa em quadrinhos equivalente a uma peça de Beckett: é logo de cara divertido, triste, sombrio e profundamente ressonante”. The Onion

“Para qualquer um que esteja ciente do que aconteceu com a narrativa gráfica no último meio século, David Boring será uma revelação”. Chicago Tribune

“Entretenimento na proporção inversa aos sobrenome do herói.” Ellmmaker

“Genial. O principal cartunista underground do país. Um mestre do storytelling e da arte. Há poesia em cada quadro.” Newsweek

“Boring prova ser um trabalho que captura o sentimento de ser jovem e repleto de tédio e viver na América no final do século XX. Para os interessados no potencial dos quadrinhos, o trabalho de Clowes oferece possibilidades literárias emocionantes. Boring é tudo menos “chato”. Time

voltar à tela anterior