Infelizmente o nosso site não funciona neste browser. Por favor, atualize-o para uma versão mais recente.

Promoção de abertura: frete grátis para compras acima de R$ 150,00
Entre solstícios e equinócios

Entre solstícios e equinócios

Artêmio Filho
tipo livro
estado novo
capa dura
editora Caseira
ano de publicação 2015
categoria(s) Poesia, Ficção
número de páginas 104
peso 200g
dimensões 15cm / 12cm / 2cm
R$ 49,00
R$ 23,00

descrição

Não é raro perceber um ou outro escritor afirmar que o conjunto de uma obra não é outra coisa que o esforço de reescrever o mítico livro de estreia. Gosto de tal ideia. Ela parece reforçar uma noção mais fundamental, isto é, a de que nenhum texto está pronto ou, ainda, de que não há um livro perfeito.

A “obra prima” é apenas um sinal metafórico de que nos servimos para qualificar aquele objeto que amamos. Entre solstícios e equinócios de Artêmio Filho representa esse primeiro movimento dos desejos de linguagem de um percurso textual. Portanto, também é a interrupção temporária de um trabalho poético, no sentido em que um escritor, a rigor, jamais dá por finalizado seu esforço inventivo, ele apenas o interrompe em vista de uma prosaica necessidade: a publicação de um livro. Assim, nesse trecho da experiência de Artêmio Filho nota-se a personalidade de um escritor interessado em testar os limites expressivos do texto; sua literatura busca o movimento. Em Entre solstícios e equinócios os gêneros se atritam amorosamente, há poesia; versos livres e espacializações verbais; formas breves de prosa. Os poemas se prestam a relatos líricos, as narrativas se expandem em poemas elegíacos, fragmentários e românticos. Artêmio Filho sabe que os começos apenas dão um sentido, uma direção. Ao longo do tempo cada artista faz as correções de rota irredutíveis aos seus propósitos estéticos e vivenciais. Cada novo livro ou realização pretende ser tanto uma confirmação, quanto uma conquista. E Artêmio Filho, com Entre solstícios e equinócios, conquista o começo do próprio percurso estético-discursivo convidando o leitor a fruir desse mesmo desejo criativo. De minha parte posso dizer que provei e aprovei. - Ronald Augusto

Sobre o livro: uma tiragem de 250 livros feita com muito carinho entre o equinócio de primavera de 2015 e o equinócio de outono de 2016, entre Pelotas/RS e Concórdia/SC. Capa feita em papel bismarch 1mm, com gravação em hotstamping com parafina azul, guarda de veludo azul turquesa. Miolo impresso em papel pólen bold 90g.

voltar à tela anterior