Infelizmente o nosso site não funciona neste browser. Por favor, atualize-o para uma versão mais recente.

A Humana oferece FRETE GRÁTIS nas compras acima de R$ 100,00
Lojas de canela e outras narrativas

Lojas de canela e outras narrativas

Bruno Schulz
tipo livro
estado novo
capa comum
editora 34
ano de publicação 2019
categoria(s) Ficção
subcategoria(s) Literatura polonesa, Contos
número de páginas 224
peso 367g
dimensões 21cm / 14cm / 2cm
R$ 54,00

descrição

O escritor e desenhista polonês Bruno Schulz (1892-1942) criou a sua breve e deslumbrante obra literária em um período de pouco mais de uma década, quando teve a sua vida tragicamente interrompida pela barbárie nazista. Em sua pequena cidade nos confins da Europa Central, Drohobycz, escreveu, ao todo, dois ciclos de contos e mais um punhado de narrativas, que alcançariam a admiração de nomes como Witold Gombrowicz, Czesław Miłosz, Isaac Bashevis Singer, John Updike e Philip Roth, entre muitos outros.

Além de Lojas de canela, livro de estreia do autor, publicado originalmente em 1934, este volume inclui os cinco contos que não figuram em sua segunda obra, Sanatório sob o signo da clepsidra - entre eles, um texto inédito em português, "A primavera" -, e se encerra com um brilhante posfácio em que o eslavista italiano Angelo Maria Ripellino lê a obra de Schulz à luz dos seus pares poloneses e das vanguardas europeias, restaurando a proximidade da sua prosa e da "exuberância irrefreável" de suas imagens com as tendências estéticas da art nouveau e do modernismo. Para esta nova edição da ficção de Bruno Schulz, a ser completada com a publicação de Sanatório, a consagrada tradução de Henryk Siewerski - extremamente fiel aos adornos e arabescos tão característicos da escrita de Schulz - foi novamente revista e cotejada com as edições mais recentes da obra do autor.

voltar à tela anterior