Infelizmente o nosso site não funciona neste browser. Por favor, atualize-o para uma versão mais recente.

A Humana oferece FRETE GRÁTIS nas compras acima de R$ 100,00
Maria Madalena: Da Bíblia ao Código Da Vinci: companheira de Jesus, deusa, prostituta e ícone feminista

Maria Madalena: Da Bíblia ao Código Da Vinci: companheira de Jesus, deusa, prostituta e ícone feminista

Michael Haag
tipo livro
estado novo
capa comum
editora Zahar
ano de publicação 2018
número de páginas 344
peso 626g
dimensões 23cm / 16cm / 3cm
R$ 72,90

descrição

Quem realmente foi Maria Madalena? Prostituta arrependida, mulher rica, discípula e companheira de Jesus, símbolo da fragilidade das mulheres, objeto de veneração... Personagem que extrapola os textos religiosos e a própria Igreja, ela continua sendo uma figura fascinante e misteriosa.

Seguindo Maria Madalena através dos séculos, o historiador Michael Haag analisa a forma como ela tem sido reinterpretada a cada época - desde os tempos bíblicos até os dias de hoje.

Haag compara o Novo Testamento e os evangelhos gnósticos - textos apócrifos dos séculos II a IV, onde Madalena é exaltada como esposa e principal discípula de Cristo - a fim de investigar por que a Igreja católica preferiu representá-la como uma mulher pecadora, enquanto Maria, mãe de Jesus, foi simbolizada como a Virgem. Depois, mostra que no Renascimento Maria Madalena se tornou uma deusa da beleza e do amor; e, ao final, apresenta a Madalena moderna: mulher forte e independente que se transformou em ícone feminista.

voltar à tela anterior