Infelizmente o nosso site não funciona neste browser. Por favor, atualize-o para uma versão mais recente.

Promoção de abertura: frete grátis para compras acima de R$ 150,00
Mínimo tratado da paixão

Mínimo tratado da paixão

Ibriela Bianca Sevilla
tipo livro
estado novo
capa comum
editora Urutau
ano de publicação 2021
categoria(s) Poesia, Ficção
número de páginas 96
peso 190g
dimensões 20cm / 14cm / 1cm
R$ 40,00

descrição

Para ler Ibriela você precisa aprender a sangrar… sangrar e pulsar na mesma velocidade. Para se manter à beira da borda, já que todos caem…

Você também tem de aprender a ser floresta, perceber a “crescença” das coisas, e não ser apenas o animal que só sabe se aproximar com zoom. Aqui, há antropofagia lícita, cuidado! E se não podes ver o absoluto no trivial, não entre.

Ela te mantém em fluxos de revolta e poiesis que irrigam os capilares da Paixão.

Essa sua paixão por corpo, por luta, por substâncias brutas tornadas sensíveis, para não deixar quebrar a porcelana das coisas invisíveis.

Os poemas possuem um veneno secreto e doce, que só arde ao chegar nos capilares sanguíneos mais sutis: nossa pele, nossa retina, nas palavras espinhos que só ela sabe escutar, e assim o poema cumpre sua tarefa de curto-circuito.

Ler o Mínimo Tratado da Paixão é uma gloriosa angústia, dessas iras que agem como uma Harmonia Oculta e nos libertam de algo que pesa. É a transmutação da indignação em poema, da fúria-mulher em poeta assombrada com a beleza e o horror do mundo. Ela aguça a nossa percepção para a alquimia das trivialidades e revoluções cotidianas, o vermelho da vida, que nos chegam como eventos simbólicos.

voltar à tela anterior