Infelizmente o nosso site não funciona neste browser. Por favor, atualize-o para uma versão mais recente.

A Humana oferece FRETE GRÁTIS nas compras acima de R$ 100,00
Não existe mais dia seguinte

Não existe mais dia seguinte

Vitor Necchi
tipo livro
estado novo
capa comum
editora Taverna
ano de publicação 2018
categoria(s) Ficção
subcategoria(s) Literatura brasileira
número de páginas 196
peso 430g
dimensões 21cm / 14cm / 2cm
R$ 44,90

descrição

A obra de estreia de Vitor Necchi reúne 60 crônicas de procedências distintas. De algumas, há uma primeira versão publicada em veículos impressos e digitais. Outras foram escritas para redes sociais e – safra mais antiga – para um blog, o Cacto, que o autor manteve nos primeiros anos deste século.

Os textos conectam-se a três temporalidades: o presente, ao tratar de assuntos contemporâneos, entre eles os escombros de um mundo fraturado e violento; o pretérito, ao recuperar reminiscências, personagens, fatos e o universo afetivo e cultural do autor; e um terceiro tempo que pode ser definido como um momento de transição, em que a produção de Necchi atenua a prevalência do jornalismo para se direcionar também à narrativa ficcional.

É possível pensar em uma outra perspectiva que atravessa os textos, mas desconectada do tempo: trata-se do olhar minucioso e atento, por exemplo, às dinâmicas que tiram uma palavra do imaginário social ou à promessa de vida garantida pela flor de um cacto.

Em tempos de transformações constantes, ondas de intolerância, ódio e violência nas ruas, o autor oferece ao leitor uma obra sensível, que flagra instantes banais da experiência cotidiana para transmutá-los em questões filosóficas.

Com uma escrita elegante, o texto de Necchi tem um ritmo quase musical e repleto de referências às artes, à música, ao cinema e à literatura. As crônicas suscitam reflexões sobre temas diversos, entre eles memória, imediatismo das notícias, morte, privacidade, racismo, ascensão de movimentos fascistas e o impacto de um beijo gay na novela.

Entre a crônica jornalística e a literatura ficcional, Não existe mais dia seguinte é um importante registro sobre a sociedade brasileira contemporânea.

voltar à tela anterior