Infelizmente o nosso site não funciona neste browser. Por favor, atualize-o para uma versão mais recente.

A Humana oferece FRETE GRÁTIS nas compras acima de R$ 100,00
Perder a mãe: uma jornada pela rota atlântica da escravidão

Perder a mãe: uma jornada pela rota atlântica da escravidão

Saidiya Hartman
tipo livro
estado novo
capa comum
editora Bazar do Tempo
ano de publicação 2021
subcategoria(s) História, África
número de páginas 364
peso 440g
dimensões 23cm / 16cm / 3cm
R$ 69,90

descrição

Com Perder a mãe, Saidiya Hartman ganhou notoriedade nos campos acadêmico e da crítica especializada ao propor uma abordagem original e pessoal da história da escravidão. A partir da jornada empreendida em Gana, seguindo a trilha de cativos do interior até a costa do Atlântico, Hartman retraça os meandros perversos do comércio atlântico de escravos, revelando seus efeitos em séculos de história africana e afro-americana, ao mesmo tempo em que busca vestígios de sua própria linhagem.

Como ela enfatiza, a escravidão impôs a milhares de pessoas a perda da família, da casa, do país. Perder a mãe é se separar de seus parentes, esquecer seu passado e habitar o mundo como uma estranha. Saidiya Hartman não encontra sobreviventes de sua família em Gana. Ela é uma estranha em busca de estranhos e sua jornada resulta num impactante relato baseado em encontros e pesquisa minuciosa e numa análise comovente sobre a importância de livrarmos do esquecimento as vidas destruídas pela engrenagem da escravidão.

Uma análise original e instigante sobre o legado corrosivo da escravidão, Perder a mãe é conduzido pelos prodigiosos dons narrativos da autora.” The New York Times Book Review

Este é um livro de memórias sobre perda, alienação e estranhamento, mas também, em última análise, sobre o poder da arte de lembrar. Perder a mãe é um feito magnífico.” – Henry Louis Gates Jr., Universidade Harvard

voltar à tela anterior