Infelizmente o nosso site não funciona neste browser. Por favor, atualize-o para uma versão mais recente.

Promoção de abertura: frete grátis para compras acima de R$ 150,00
O abuso da beleza: A estética e o conceito de arte

O abuso da beleza: A estética e o conceito de arte

Arthur C. Danto
tipo livro
estado novo
capa comum
editora Martins Fontes
ano de publicação 2015
categoria(s) Artes, Ciências Humanas
subcategoria(s) Artes visuais, Filosofia
número de páginas 216
peso 420g
dimensões 21cm / 15cm / 2cm
R$ 49,90

descrição

Danto apresenta a evolução do conceito de beleza durante o último século. Mostra que ela foi removida da definição de arte: antes era quase unânime que o propósito final de uma obra de arte era ser bela; no século XX, essa ideia foi refutada e a beleza destronada, chegando, em alguns casos, a ser considerada um crime estético.

Para Danto, a beleza não deve ser a finalidade da obra de arte, e muito menos ser evitada. Ele expande esta reflexão sobre a importância da beleza comentando as ideias de artistas e críticos como Rimbaud, Fry, Matisse, os Dadaístas, Duchamp e Greenberg, além dos filósofos Hume, Kant e Hegel.

voltar à tela anterior